4.16.2014

MENSAGEM DE PÁSCOA

Há dois mil anos atrás, um homem veio ao mundo disposto a ser o maior exemplo de amor e verdade que a humanidade conheceria.
Sua proposta de vida não foi entendida por muitos e, então, condenaram este homem e crucificaram-no, ignorando todos os seus propósitos de um mundo melhor.
Houve dor, angústia e escuridão.
Por três dias, o sol se recusou a brilhar, a lua se negou a iluminar a Terra, até que no terceiro dia algo aconteceu...
Houve a ressurreição!
A Páscoa existe para nos lembrar deste espetáculo inigualável chamado ressurreição!
Páscoa...
Ressurreição do sorriso...
Ressurreição da alegria de viver...
Ressurreição do amor...
Ressurreição da amizade...
Ressurreição da vontade de ser feliz!
Ressurreição dos sonhos, das lembranças e de uma verdade que está acima dos ovos de chocolate:
Cristo morreu, mas ressuscitou, e fez isso somente para nos ensinar a matar os nossos piores defeitos e ressuscitar as maiores virtudes sepultadas no íntimo de nossos corações.
Que esta seja a verdade da nossa Páscoa.


Arnaldo Faria de Sá
Deputado Federal - São Paulo
Presidente da Comissão de Viação e Transportes

Gabinete:  Atendimento Previdenciário
Avenida Engenheiro George Corbisier n.º 1.127
Bairro Jabaquara
04345-001 São Paulo SP
Telefone 11.5015.0500

Brasília - Gabinete Parlamentar
Câmara dos Deputados Anexo IV Gab 929
70160-900 Brasília DF
Telefone 61.3215.5929 Fax: 3215.2929

Solicitamos a fineza de, ao responder ou escrever-nos, enviar com cópia para:




P Antes de imprimir pense em seu compromisso com o Meio Ambiente!
_______________________________________
AVISO DE CONFIDENCIALIDADE
Esta mensagem e seus anexos são de uso exclusivo de e-mail funcional e pessoas e entidades autorizadas pela Câmara dos Deputados e podem conter informações confidenciais e/ou privilegiadas. É proibido revelar, alterar, copiar, divulgar ou se beneficiar, direta ou indiretamente, destas informações sem a autorização de seus autores. Se você recebeu este e-mail por engano, por favor, informe o remetente e apague a mensagem imediatamente. A Câmara dos Deputados se reserva o direito de pleitear ressarcimento pelos prejuízos decorrentes do uso indevido das informações e de requerer a aplicação das penalidades cabíveis.


Entrevista CNT

Entrevista do Deputado Arnaldo Faria de Sá no programa notícias & mais exibido em 10/03/2013 pela Rede CNT - São Paulo.


16/04/2014 Aniversário do 8.º Distrito Naval - São Paulo SP

CÂMARA DOS DEPUTADOS - DETAQ

Sem redação final
Sessão: 096.4.54.OHora: 12h8Fase: BC
Orador: ARNALDO FARIA DE SÁData: 16/04/2014

O SR. ARNALDO FARIA DE SÁ 
(PTB-SP. Pronunciamento encaminhado pelo orador.) - Sr. Presidente, Sras. e Srs. Deputados, assumo a Tribuna para registrar e homenagear o 8.º Distrito Naval pelo Aniversário de sua existência, na cidade de São Paulo.
Homenageamos, nesta data, o oitavo distrito naval, em especial na pessoa do Vice-Almirante Liseo Zampronio, Comandante do 8.º Distrito pelos 17 anos da inauguração de sua sede, em Sena Madureira, realizado no último dia 14 de abril, tendo como área de jurisdição o Estado de São Paulo nas seguintes capitanias e delegacias: Capitania dos Portos de São Paulo, Delegacia dos Portos de São Sebastião, Capitania Fluvial Tietê Paraná, Delegacia Fluvial de Presidente Epitácio, Centro de Coordenação de Estudos da Marinha em São Paulo e Divisão Terrestre e Marítima do DN.
Missão e Visão de futuro da Marinha
Preparar e empregar o Poder Naval, a fim de contribuir para a defesa da Pátria. Estar pronta para atuar na garantia dos poderes constitucionais e, por iniciativa de qualquer destes, da lei e da ordem; atuar em ações sob a égide de organismos internacionais e em apoio à política externa do País; e cumprir as atribuições subsidiárias previstas em Lei, com ênfase naquelas relacionadas à Autoridade Marítima, a fim de contribuir para a salvaguarda dos interesses nacionais". A Marinha do Brasil será uma Força moderna, equilibrada e balanceada, e deverá dispor de meios navais, aeronavais e de fuzileiros navais compatíveis com a inserção político-estratégica do nosso País no cenário internacional e, em sintonia com os anseios da sociedade brasileira, estará permanentemente pronta para atuar no mar e em águas interiores, de forma singular ou conjunta, de modo a atender aos propósitos estatuídos na sua missão".
Histórico
O Comando do 8º Distrito Naval foi ativado em 14 de abril de 1997. Tem como Organizações Militares diretamente subordinadas:
COMANDO DO 8º DISTRITO NAVAL
1-CPSP(SANTOS) - DelSSEBASTIÃO
2-CCEMSP
3-CFTP(BARRA BONITA) - DelPEPITACIO
Missão do Comando do 8º Distrito Naval
Contribuir para o cumprimento das tarefas de responsabilidade da Marinha, na jurisdição do 8º DN.



16/04/2014 Fator Previdenciário e Recomposição das Perdas

CÂMARA DOS DEPUTADOS - DETAQ

Sem supervisão
Sessão: 096.4.54.OHora: 11h36Fase: BC
Orador: ARNALDO FARIA DE SÁData: 16/04/2014


A SRA. PRESIDENTA (Deputada Jô Moraes) - Chamo, pela sua inscrição, o Deputado Luiz Carlos Hauly. Em seguida, devolvo a Presidência ao Vice-Presidente, Deputado Fábio Faria.
Para um registro, com a compreensão do Presidente e do Deputado Luiz Carlos Hauly, o Deputado Arnaldo Faria de Sá.
O SR. ARNALDO FARIA DE SÁ (PTB-SP. Sem revisão do orador.) - Agradeço a Deputada Jô Moraes, o Deputado Luiz Carlos Hauly. Realmente ficamos contentes em saber que teremos, a partir da semana que vem, uma semana em que esta Casa vai produzir alguma coisa, fora medida provisória, fora urgência constitucional. Eu queria cobrar a Casa para que a gente pudesse pautar o projeto que modifica o fator previdenciário, que causa um prejuízo muito grande ao trabalhador brasileiro, que, depois de 35 anos, perde 40% do valor da sua aposentadoria para o resto da vida, se for homem; se for mulher, pela sua melhor expectativa de vida, o prejuízo chega a 50%. Não dá mais para explicar para o trabalhador por que está acontecendo isso. Eles clamam e reclamam essa questão. Como aguardo também, ansiosamente, a decisão do Supremo Tribunal Federal na questão da desaposentação. Estão reclamando muito, Sr. Presidente, Sras. e Srs. Parlamentares, da recomposição das perdas, que começou nos dias 12 e 13 de maio. A COPAB e a Federação de aposentados de São Paulo estarão nesta Casa cobrando o projeto que trata da recomposição das perdas. É lamentável como esta Casa trata aposentado e pensionista. Isso não pode continuar acontecendo.
Obrigado, Presidente Fábio Faria.
Durante o discurso do Sr. Arnaldo Faria de Sáa Sra.Jô Moraesnos termos do § 2ºdo art. 18 do Regimento Interno, deixa a cadeira da Presidência, que é ocupada pelo Sr. Fábio Faria, Segundo Vice-Presidente.
O SR. PRESIDENTE (Fábio Faria) - Obrigado, Deputado Arnaldo.