10.05.2010

NOTICIAS COBAP Criador do Dia Nacional do Idoso busca 7º sétimo mandato na Câmara

Deputado Arnaldo Faria de Sá concorre pelo PTB com o número 1452
Aposentados 01/10/2010
Por Richard Casal
Na reta final da campanha eleitoral, o deputado federal Arnaldo Faria de Sá (PTB) vem recebendo diversas manifestações de apoio de sindicatos e associações de aposentados do Estado de São Paulo. O parlamentar já foi eleito seis vezes consecutivas. É um considerado o político que mais conhece o Regime Interno do Congresso Nacional. Sua experiência parlamentar é fundamental para avanços de projetos importantes nas comissões.
Arnaldo teve participação decisiva na aprovação do Estatuto do Idoso. Há décadas empunha a bandeira dos idosos, aposentados e pensionistas. Também é de sua autoria o projeto de lei que culminou na criação do Dia Nacional do Idoso. Esta Lei foi sancionada em 29 de dezembro de 2006 pela presidente Luis Inácio Lula da Silva (em 1999 a ONU instituiu o Dia Mundial do Idoso).
No último dia 17 de setembro, Arnaldo Faria de Sá deixou para trás seus compromissos políticos em São Paulo e pegou um avião para o Rio Grande do Sul. Por amor e respeito à COBAP, fez questão de participar da abertura do 19º Congresso Nacional dos Aposentados, Pensionistas e Idosos, realizado em Bento Gonçalves.
A presença do deputado paulista alegrou a platéia e deu uma verdadeira inejção de ânimo no senador Paulo Paim, que fez questão de dizer que Arnaldo Faria não pode ficar de fora do Congresso Nacional, pois é um aliado fiel e muito competente.
Experiente e preparado para novos desafios, Arnaldo Faria de Sá concorre novamente com o número 1452.

NOTICIAS DA COBAP comemora grande vitória nas urnas dos aliados

Os legítimos candidatos que empunharam a bandeira dos aposentados tiveram resultados extraordinários nas urnas em todas as regiões do País. De diversas formas, a COBAP retribuiu o apoio aos políticos que sempre defenderam a causa. A abertura das urnas deixou claro que os aposentados estão cada vez mais politizados e que num futuro breve estarão organizados ao ponto de eleger até o presidente da República.
A partir de janeiro de 2011, uma fortíssima bancada de deputados federais e senadores estará articulando no Congresso Nacional a aprovação de leis que beneficiem milhões de inativos.
Entre os eleitos que tiveram apoio total da COBAP e das federações destaca-se o senador Paulo Paim (PT). No Rio Grande do Sul, foi reeleito em 1º lugar com 3.895.822 milhões de votos. Um terço dos eleitores gaúchos deu seu voto de confiança para Paim. Sua campanha escassa em recursos financeiros foi baseada na militância de trabalhadores, aposentados e idosos. Para reelegê-lo, a Confederação e a FETAPERGS promoveu vários encontros regionais, levando ainda profissionais voluntários para auxiliá-lo na campanha eleitoral.
No Rio Grande do Norte, os aposentados despejaram mais de um milhão de votos no senador Garibaldi Alves Filho (PMDB). Para primeira governadora da história do estado também elegeram a potiguar Rosalba Ciarlini (DEM) com 813.813 mil votos.
Pelo menos 10 homens eleitos que obtiveram apoio da COBAP têm compromisso real com o bem estar dos aposentados. São eles: Julio Delgado (PSB/MG), Arnaldo Faria de Sá (PTB/SP), Paulinho da Força (PDT/SP), Edson Aparecido (PSDB/SP), Dr. Sinval Malheiros (PV/SP), Marçal Filho (PMDB/MS), Cléber Verde (PRB/MA), Reguffe (PSDB/DF), Darcisio Perondi (PMDB/RS) e Zonta (PP/SC).
VEJA OS DEFENSORES DOS APOSENTADOS ELEITOS

ARNALDO FARIA DE SÁ PTB 192.336 (0,90%)
PAULINHO DA FORÇA PDT 267.208 (1,25%)
JULIO DELGADO PSB 70.945 (0,69%
EDSON APARECIDO PSDB 184.403 (0,87%)

MARÇAL FILHO
PMDB 60.957 (4,76%)
CLEBER VERDE PRB 126.801 (4,17%)
REGUFFE PDT 266.465 (18,95%)
PERONDI PMDB 112.214 (1,87%)
ZONTA PP 103.960 (3,12%)
DR. SINVAL MALHEIROS PV 59.209 (0,28%)

05/10/2010 - Arnaldo Faria de Sá agradece em Plenário os mais de 190.000 votos recebidos e renova sua luta em favor de importantes propostas em tramitação na Casa.

O SR. ARNALDO FARIA DE SÁ - Sr. Presidente, peço a palavra pela ordem.
O SR. PRESIDENTE (Marcelo Ortiz) - Tem V.Exa. a palavra.
O SR. ARNALDO FARIA DE SÁ (PTB-SP. Pela ordem. Sem revisão do orador.) - Sr. Presidente Marcelo Ortiz, quero apenas agradecer a todos os eleitores, principalmente aos aposentados de São Paulo, os mais de 190 mil votos que me permitiram retornar a esta Casa.
Vamos lutar muito para aprovar o projeto que prevê o fim do fator previdenciário, do qual sou Relator, bem como também para votar a recuperação das perdas salariaisde aposentados e pensionistas, o Projeto de Lei nº 4.434, do qual também sou Relator.
Vamos insistir para votar, ainda neste ano, no intervalo entre o primeiro e o segundo turnos, a PEC nº300, que trata do piso nacional dos salários para policiais e bombeiros militares. Do mesmo modo, queremos votar a PEC nº 270, que trata da integralidade e paridade para os aposentados por invalidez, além de vários outros projetos que dizem respeito a setores importantes que aguardam decisões desta Casa.
Lamento, Presidente Marcelo Ortiz, que não teremos sua companhia no próximo mandato, porque sei da sua luta, garra, determinação, do seu trabalho não apenas em Brasília como em todo o Vale da Paraíba. Faremos a tentativa de substituir seu apoio e colaboração, mas certamente seu trabalho fará falta a esta Casa.
O SR. PRESIDENTE (Deputado Marcelo Ortiz) - Muito obrigado, Deputado. A vida nos reserva surpresas e, como disse o Deputado Walter Pinheiro, breve Senador, talvez Deus esteja me reservando algo maior. Seja como for, quero continuar na luta, contando com V.Exa. como um representante para que tenhamos sucesso. Não vou deixar de vir a esta Casa. Vou estar aqui sempre que possível, para rever os muitos amigos que fiz.