9.30.2010

1452/1452/1452/1452/1452/1452/1452/1452/1452/1452/1452/1452/

Arnaldo Faria De Sá - 1452 / PTB

Nome completo:Arnaldo Faria De Sá
Cargo disputado: Deputado Federal, em 2010
Candidato em:SP
Nesse voce pode CONFIAR!
Ele Briga por Sua Causa!

Plano não pode cancelar contrato de idosos -Livia Wachowiak Junqueira e Luciana Lazarini do Agora - 30/09/2010

O STJ (Superior Tribunal de Justiça) não aceitou a quebra de contrato de beneficiários de um plano de saúde coletivo por adesão (contratado por meio de uma associação ou de um sindicato) da SulAmérica devido aos gastos que os idosos do grupo geraram. O plano coletivo foi contratado por meio da Associação Paulista de Medicina e a decisão é válida para os 23 mil médicos e familiares associados. Os tribunais inferiores devem seguir a orientação do STJ em casos iguais. A operadora, por meio da entidade médica, tinha quebrado os contratos dos beneficiários alegando que a grande concentração de idosos gerava altos gastos ao convênio. A empresa queria que eles aderissem a novas apólices com preços 100% maiores.

Marcha dos Cabeças Brancas - Informe da Frente

Dia 01 de outubro acontecerá na cidade de São Paulo a III Marcha das Cabeças Brancas em comemoração ao Dia Mundial do Idoso. Como em anos anteriores, a caminhada começará no Pátio do Colégio às 9h e percorrerá ruas do centro antigo terminando na Prefeitura do município. Durante a caminhada os idosos levarão placas mostrando as necessidades que das pessoas idosas de São Paulo e de todo o país como fraldas geriátricas, habitação para idosos como está previsto no Estatuto do Idoso, cuidados familiares, lazer e principalmente respeito. “É um absurdo um idoso receber apenas 03 fraldas descartáveis por dia quando a necessidade dele é muito mais. E pior, ele não tem quem troque a fralda e fica dias em uma cama cheio de feridas sem ter o cuidado que o Estado deveria, por obrigação, fornecer”, desabafa Maria da Glória Abdo, presidenta da ABAESP. Para este ano estão previstas cerca de 200 idosos que compartilham da mesma linha de pensamento, que o idoso é um cidadão atuante, um agente modificador da sociedade e que na mobilização é possível conquistar melhorias para todos.

DIA DO JORNALEIRO E DO VENDEDOR

1.º DE OUTUBRO comemoramos o dia do Vendedor
Transcrevemos abaixo, nota recebida de nosso colabora, Ronaldo Almeida, sobre o tema.
PARABÉNS

Dia primeiro de outubro comemora-se o dia do vendedor, mas pouca gente sabe e inclusive entre os profissionais vendedores somente 35% reconhecem essa data. Imaginem quantos vendedores existem no Brasil! É ou não um nicho de mercado? Outras profissões comemoram suas datas então porque não comemorar a data de uma das profissões mais antiga e importante. Sei que o próprio vendedor não vibra muito com isso e que a maioria não encara sua atividade como profissão, são tímidos em falar de sua função e em valorizar seu trabalho, assim fica difícil. Não existe mercado sem vendas, não existe negócio sem vendedor. Não conheço um só negócio que não precise vender sua marca, seus conceitos, seus produtos ou serviços e hoje, qualquer profissão, médicos, advogados, engenheiros, arquitetos, dentistas, professores, necessita de marketing e vendas. Imaginem uma loja criando uma vitrine focada no dia do vendedor, deve ser muito legal, mala direta, tele marketing, brindes, campanhas, promoções. Se sua loja tem o perfil dos seus clientes com certeza deverá ter muitos vendedores em seus bancos de dados. Lembre-se banco de dados não é cadastro. Outro dia liguei para uma empresa de brindes e disse que desejava fazer algum tipo de promoção voltado para classes profissionais e perguntando sobre algumas datas interessantes fiquei surpreso, pois como uma empresa especializada em brindes não tem sequer um calendário de eventos ou anotações sobre datas comemorativas. Falei ao profissional da empresa que desejava fazer lembranças sobre uma das profissões mais antigas e ele lembrou-se de várias, menos a de vendedor.
Uma vez nos distantes anos antes de Cristo trocavam-se produtos cultivados naquelas regiões, era a moeda da época. Um dia um produtor muito esperto e visionário descobriu que era possível ganhar ouro em vez de produtos e percebendo que sua produção era suficiente para abastecer seu povoado, resolveu fazer alguma grana com o excedente. Contratou um viajante conhecido e fez a seguinte proposta: você vende meus produtos, recebe em ouro e darei para você uma bela comissão. Assim nasceu o vendedor. Como viram não é uma profissão nova.
Parabéns a todos os vendedores em especial aos profissionais.
Pensem nisso!!!
Abraços.
Ronaldo.