3.17.2009

16/03/2009 Arnaldo participa de Encontro de Auditores-Fiscais em Fortaleza


O Deputado Federal Arnaldo Faria de Sá (PTB/SP) participou na última quinta-feira, em Fortaleza (CE), do V Encontro Nacional dos Auditores-Fiscais Aposentados da RFB (Receita Federal do Brasil) falando sobre “A Luta em Prol dos Aposentados e Pensionistas”. Também participaram da mesa o presidente do Mosap (Movimento Nacional de Aposentados e Pensionistas), Edison Haubert, e o 2º vice-presidente do Unafisco Sindical, Ildebrando Zoldan.
Depois de parabenizar a iniciativa do Unafisco, de promover o evento através da Diretoria de Assuntos de Aposentadoria, Proventos e Pensões, o deputado reafirmou sua disposição em continuar apoiando a luta dos Auditores e dos aposentados em defesa da garantia dos seus direitos. O deputado sinalizou com a possibilidade de promover um seminário na Câmara Federal, no segundo semestre, para mostrar a força de todos aqueles que já contribuíram para a construção da história atual da Classe.
Arnaldo Faria de Sá disse que promover mudanças na Previdência faz parte da trajetória de todos os governos. De acordo com ele, é preciso permanecer firme no propósito de defender os direitos já conquistados e recuperar os que foram perdidos por emendas constitucionais. “Foi assim no governo FHC, no governo Lula e, não tenham dúvida, será no próximo”, alertou o parlamentar.

17/03/2009 Mendonça Prado trabalha pra acelerar a tramitação da PEC 300

Mendonça Prado trabalha pra acelerar a tramitação da PEC 300
O deputado federal Mendonça Prado foi designado pela CCJ como relator da Proposta de Emenda à Constituição (PEC n.º 300/2008) que determina um aumento salarial para a Polícia Militar. Agora ele trabalha junto com o autor Arnaldo Faria de Sá (PTB/SP) para acelerar o processo de votação. “Nós estamos uma mobilização com os deputados na Câmara e vamos entrar em contato com representantes da Polícia Militar e Bombeiros em todos os estados”, informa Prado.
O parlamentar informou que tem recebido apoio de toda a polícia em Sergipe e inclusive tem recebido centenas de e-mails sobre o assunto. “Isso serve de estímulo pata continuarmos trabalhando em busca de uma tramitação célere dessa PEC”, diz.A Casa Civil da Presidência da República promulgou a Lei nº 11.361, de 19 de outubro de 2006 e Lei 11.663 de 24 de abril de 2008 que melhorou a remuneração dos policiais militares e das carreiras de delegado de polícia, incluindo o Corpo de Bombeiro Militar, do Distrito Federal.
Assim, a PEC quer assegurar que os policiais das Unidades Federativas da União tenham esse mesmo benefício porque a maioria delas apresentam índices de criminalidade muito maiores do que o Distrito Federal. Nesses casos, a idoneidade física de seus policiais militares estão mais em risco.
Após o relatório de Mendonça Prado ser aprovado em reunião pela Comissão de Constituição e Justiça, será criada uma comissão especial para analisar o mérito da PEC, que ainda deverá ser votada em dois turnos no plenário da Câmara dos Deputados.